Seções do Comentarium:  Sites Blogs
Pesquisar sites contendo:
Mais acessados: do dia  |  do mês
 
Home / Dados do site ou página
Home :: Estácio
estacio.br
Voltar

Estatísticas da URL:
Acessos: 3387
Réplicas: 3
Seu voto:
Em 30/04/2015, por Felipe Monteiro Taam
Comentário feito ao endereço estacio.br

Planejamento de carreira e sucesso profissional; Assessoria de comunicação.

 
 
Total de respostas a esse comentário: 3

Em 01/07/2018 11:51, por Felipe Monteiro Taam:
Na década de 20 a principal preocupação do administrador financeiro era captar recursos de terceiros para investir no negócio. Com a vinda da crise de 1929, o enfoque mudou com as teorias de Taylor, Fayol e Ford, concentrando o objetivo da administração financeira em organizar a empresa internamente para gerar resultado. A partir da década de 40 o investimento e seu respectivo retorno tornaram parâmetros de decisão. A maximização de riquezas tornou-se a justificativa para a existência empresarial. Quando a empresa tem um retorno menor que o esperado pelos seus acionistas, acontece uma perda do seu valor de mercado, destruindo parte da riqueza de seus proprietários. Daft afirma que até meados dos anos 50 a teoria administrativa clássica pouco considerava o ambiente externo das organizações. Não eram consideradas tanto questões de flexibilidade das organizações quanto as mudanças do ambiente extra empresa. As organizações eram definidas com sistemas bastante fechados, sendo que a eficiência operacional era tida como o único meio para a empresa obter êxito e de se tornar eficaz. Atualmente, porém, as mudanças do ambiente externo à empresa além de frequentes, ocorrem rapidamente. Por isso, essas mudanças têm um impacto de longo alcance nas organizações. Os acontecimentos do meio externo podem facilmente afetar a empresa e vice-versa, ao ponto que as organizações não podem mais ser consideradas como sistemas fechados. Neste novo cenário as organizações devem ser permeáveis às mudanças do volátil ambiente externo. Segundo Matarazzo A análise das demonstrações contábeis, elaborada de forma mais sistematizada e organizada, originou-se e desenvolveu-se dentro do sistema bancário, até hoje é seu principal usuário. Cronologicamente, podemos determinar sua origem ao final do século XX, quando alguns banqueiros americanos passaram a solicitar dados financeiros às empresas que estavam pleiteando empréstimos. Matarazzo afirma que a análise de demonstrações contábeis ganhou aceitação ampla quando, em 1895, o Conselho Executivo da Associação dos Bancos no Estado de New York resolveu recomendar aos seus membros que solicitassem aos tomadores de empréstimos declarações escritas e assinadas de seus ativos e passivos. Esse mesmo Conselho, cinco anos depois, divulgou um formulário que incluía espaço para se colocar os dados do Balanço Patrimonial da organização que estava pleiteando o crédito junto à instituição financeira.

Em 16/03/2018 18:55, por Felipe Monteiro Taam:
Análise das Demonstrações Financeiras

Em 04/11/2015 13:41, por Felipe Monteiro Taam:
Educação Ambiental; Fundamentos de Comércio Exterior

 
Inserir resposta:
Seu nome:    
 (Opcional: Efetue o login)
 
Incremente seu site com o Comentarium!
Saiba como implantar novos recursos e promover seu site ou blog.
Saiba mais.
Publicidade relacionada
 
 

Acesse o BLOG do Comentarium | Fale conosco | Quem somos
Indique um site | Cadastre-se | Login | English version

Comentarium.com.br - Desde 2008